Sem categoria

5 dicas para se tornar um nômade digital

Published

on

A pandemia fortaleceu um modelo de trabalho que já existia desde o surgimento da internet. Com a adoção do home office, as empresas e profissionais tomaram maior conhecimento deste modelo e quebraram as barreiras, e até preconceitos, de se trabalhar remoto. O mundo descobriu, de forma forçada, que trabalhar fora do escritório tem suas vantagens e desvantagens, e esse aprendizado foi criando novos hábitos e metodologias de trabalho. 

Trabalhar remoto significa trabalhar de onde você quiser, seja de um coworking, de um café, do clube, do bar, ou onde você quiser e se sentir melhor naquele dia. Inclusive em outras Cidades, Estados e, porque não Países… Hoje, 44% das organizações da América Latina contam com funcionários que trabalham em um país diferente daquele em que a sede está instalada.

Com o novo conceito de trabalho remoto, diversos profissionais estão adotando um modelo no qual viajar e trabalhar não sejam excludentes, mas sim uma combinação viável para um novo estilo de vida. São os chamados “Nômades digitais”, que estão ganhando um número considerável de adeptos. Até 2035 a estimativa é que haverá cerca de 1 bilhão de trabalhadores “nômades”. Muitas são as influências deste crescimento, entre elas, o número cada vez maior de ferramentas digitais que possibilitam um trabalho online eficiente e produtivo. O próprio CEO do Airbnb divulgou nesta semana que se tornará um nômade digital como estratégia para não só entender melhor essa tendência, como também avaliar a experiência das acomodações na plataforma, já que ele se hospedará nos locais que já estão cadastrados no Airbnb.

E para te ajudar a se inserir neste modelo de trabalho, elencamos 5 dicas para você se tornar um nômade digital: 

1. Organize-se!

Para você adotar o modelo que reúne viagem e trabalho, é preciso se organizar! Primeiro, entenda quais são os seus destinos e objetivos. Lembre-se que ao escolher seu destino é fundamental além de pesquisar locais para trabalhar, entender o custo de vida, opções de lazer e acesso à internet e locomoção. Também é preciso economizar e preparar toda a sua documentação. 

Um ponto importante é o acesso ao dinheiro através de uma conta, cartões ou até mesmo criptomoedas como muitos nômades digitais fazem. É possível abrir uma conta no exterior mesmo estando no Brasil. O processo e a documentação costumam variar de acordo com o banco e o país de destino, mas existem algumas opções digitais como o BS2C6 Bank e o Nomad que permitem os usuários abrirem suas contas no exterior diretamente pelo aplicativo. É possível tanto contar com um cartão de débito internacional quanto receber pagamentos e transferências de seus clientes através da sua conta. 

Existem diferentes formas de você monetizar seu trabalho remoto, seja através de serviços, venda de produtos, consultorias, mentorias, aulas, criação e produção, entre outros. É muito importante também entender desde o começo quais serviços e entregas você pode oferecer aos seus clientes ou empresa contratante. Alinhá-los sobre suas entregas, prazos, rotina e meios de comunicação são importantes para manter a confiança e eficiência.

2. Batendo as agendas, as pautas e atas

Um grande desafio dos nômades digitais está relacionado aos desafios de conseguir bater as agendas já que questões como fuso horário, ou mesmo estar em trânsito nas viagens, dificulta participar de compromissos e reuniões em tempo real. Mas calma, isso não quer dizer que seja inviável. Empresas como a StartSe por exemplo possuem colaboradores de Palo Alto (GMT -8), nos Estados Unidos, à Shanghai (GMT +8), na China, ou seja, com um fuso horário de 16 horas de diferença, e funciona 🙂

Nesses casos mais extremos, o mais recomendado é conseguir trabalhar num modelo assíncrono, onde nem sempre todas as pessoas envolvidas precisam estar ao mesmo tempo em todas as reuniões. Para isso funcionar bem, é super importante ter metodologia e processos. Uma reunião bem planejada, organizada e documentada, pode sim ser realizada de forma assíncrona, permitindo que mesmo os que não estejam presentes ao vivo tenham a oportunidade de listar seus pontos e ter o feedback após a reunião. Aqui a importância das reuniões terem a Pauta, na qual todos devem previamente listar os tópicos da reunião, e a Ata, na qual ficará documentada a análise, resultado, e os próximos passos dos pontos listados. Ferramentas como o Evernote são muito utilizadas para esse tipo de interação, pois além dos textos, permite o compartilhamento de imagens (pode ser fotos ou prints de slides da apresentação) e até áudios e vídeos, permitindo por exemplo gravar trechos das reuniões para facilitar o entendimento de quem não estava ali.

Agora, em casos onde o fuso horário não é tão extremo, mas mesmo assim bater as agendas é um desafio, temos sempre a possibilidade de otimizar esse trabalho com as soluções de agendamento. O Calendly por exemplo é uma ótima forma de automatizar o agendamento com clientes e parceiros, outra alternativa é o Agenda Aí, no qual você pode agendar reuniões e consultas em um mesmo espaço, além de automatizar lembretes e deixar sua agenda mais digital.

3. Estruture seu portfólio

Seja você um profissional que busca clientes ou uma empresa para contratá-lo remotamente, construir seu portfólio é fundamental para atrair os olhos de quem o contratará. 

Um portfólio deve ser objetivo, portanto, selecione os projetos e entregas na qual você mais se orgulha ou obteve mais resultados. Insira as informações mais importantes, como o que foi realizado, quais foram os desafios e resultados do trabalho. Caso você não tenha muitos trabalhos para apresentar, se aprofunde nos que você possui ou busque criar alguns exemplos gratuitos do seu serviço. Você pode utilizar o Canva para criar seu portfólio, já que na plataforma há inúmeros templates e ferramentas de design para você estruturar de forma prática e fácil as informações do seu trabalho. 

Existem várias plataformas que podem te ajudar a divulgar seus serviços ou produtos. A 99freelas, por exemplo, é uma plataforma onde você pode oferecer seu trabalho freelancer para atrair clientes. Nela você cadastra seu perfil e trabalhos já realizados de forma prática e rápida para encontrar clientes. Outras alternativas para oferecer seu serviço são a Fiverr e Freelaweb. 

Você também pode criar sua própria página, seja apresentando seu serviço ou produto. Utilizando a Unbounce, você consegue criar campanhas e páginas de seus produtos de maneira rápida e otimizada. A plataforma conta com templates prontos de landing pages que convertem mais, bem como com ferramentas para aumentar a venda do seu produto ou serviço.

4. Alimente suas redes sociais

Contar com as redes sociais para divulgar seu trabalho é também uma ótima opção para encontrar clientes, parceiros e empresas. 57% dos consumidores seguem as marcas (seja marca pessoal ou negócio) nas mídias sociais para aprender sobre novos produtos e serviços. Portanto, construa conteúdos nas redes sociais para contar sua história e mostrar seu trabalho. 

Para cada rede social, existem estratégias e ferramentas que você pode adotar. Para melhorar o seu engajamento e atrair leads no Linkedin, por exemplo, você pode utilizar a ferramenta Castanet. O programa acha perfis, adiciona-os para você e ainda consegue mandar mensagens em massa dentro da plataforma. É uma forma digital e eficiente de você criar uma rede de networking e atrair clientes. Já no Instagram, você pode utilizar o Linktree e o Instabio para gerenciar seus links, o famoso “link na bio” deve ser atrativo e claro para quem tem interesse no seu produto ou serviço. Além disso, os clientes podem querer entrar em contato com você mesmo em momentos que você estiver ocupado, ter expostas as informações principais sobre seu trabalho e canais de contato facilita a jornada do cliente até você! 

5. Automatize e otimize

A rotina de um nômade digital é instável e muitas vezes incerta, mas os prazos e entregas devem ser cumpridos, portanto, utilize ferramentas que podem automatizar e otimizar atividades da sua rotina. 

Se você atua com marketing, é fundamental contar com plataformas que te ajudem a automatizar e-mails e campanhas. A Active Campaing e o RD Station são exemplos de soluções que te auxiliam na automação de e-mails, CRM, funil de vendas, entre outros. 

Você também pode automatizar os processos repetitivos do seu trabalho. A Automate.io te permite automatizar o seu trabalho de maneira intuitiva através da integração de diversas ferramentas. Você consegue, por exemplo, criar um fluxo para toda vez que seu cliente preencher um formulário, ele é adicionado à sua base de e-mail. 

Se tornar um nômade digital exige organização e adaptação, portanto, conte com ferramentas que possam te auxiliar nesta jornada de maneira eficiente e produtiva! Aqui no digitaliza.ai você encontra diversas ferramentas digitais com descontos exclusivos em soluções parceiras!

E, se você possui alguma solução interessante e quer divulgar tanto em nosso marketplace, cadastre aqui.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Trending

Sair da versão mobile